| Eagora

Sign In

Identifier

Event

Language

Presentation type

Topic it belongs to

Subtopic it belongs to

Title of the presentation (use both uppercase and lowercase letters)

Presentation abstract

As imagens desempenham, em nossa cultura visual, papel significativo delineado na base de um diálogo complexo entre imaginação, criatividade e prática social. Ao sair do "espaço expressivo especial da arte" para se tornar parte do trabalho criativo das pessoas comuns, a imaginação deixa também de pertencer a um domínio separado da vida cotidiana. A abordagem da Cultura Visual é, nesse sentido, indispensável para considerar que não apenas "a imagem", mas também "o imaginado" e "o imaginário" são produzidos na pluralidade das interações sociais, de modo que tanto a imaginação quanto a produção de imagens constituem uma prática social. Este artigo parte dessa abordagem e examina a prática artística de duas mulheres do Estado de Goiás, Brasil. Cidadã comum, sem formação em escolas de arte, Maria Aparecida de Souza Pires trabalha com materiais coletados em sua cidade-natal, troncos de árvores, plantas e outros elementos da natureza, dando-lhes novos significados e possibilidades. Hilda Freire trabalha com esculturas em argila; sua arte se foca em representações de mulheres e homenageia grupos desprivilegiados, como as praticantes de religiões afro-brasileiras, trabalhadoras braçais, donas de casa pobres, e assim por diante. Embora nunca tenham sido reconhecidas por nenhuma instituição de arte no Brasil, cujo "critério de valor" ainda favorece “artistas formados", Maria Aparecida de Souza Pires e Hilda Freire produzem visualidades que instigam "novas formas de ver". Seus trabalhos não provêm de um meio "tradicional" nem dependem de "configurações canônicas de visualização", mas consistem em relacionamentos com o mundo, resultando não em "ver mais", senão "de forma diferente". O artigo finalmente demonstra que rotular esse tipo de produção artística como "mero artesanato" tem muito mais a ver com quem é privilegiado pelos campos de poder no sistema de arte e qual imaginação está autorizada a produzir imagens na sociedade contemporânea brasileira.

Long abstract of your presentation

Keywords (use both uppercase and lowercase letters)

Main author information

Carolina Brandão Piva 660
Scientific production

Co-authors information

Status:

Approved